HOT-TEA

HOT-TEA

QUARTA 2 de Outubro | 22h

Cine-Teatro Garrett


Gato S.A. (Santo André/Santiago do Cacém -Portugal)

Sinopse:

Histórias de gente comum, frágil, solitária, sitiada, oprimida, trazem-nos a problemática da violência e do sofrimento humano em diferentes aspetos e realidades contemporâneas e universais da vida, mas sem emitir juízos de valor que ficam para quem as leva consigo depois da sessão. 

O espetáculo pretende envolver o público num “universo de incertezas, contradições, mentiras, invenções”. Nelas, mais importante do que as ações, são as palavras encadeadas de forma sucinta e rarefeita entre silêncios ensurdecedores. 

Histórias, por vezes brutais, em que quem toma a palavra é não apenas o ameaçado mas também o manipulador e o torcionário.

Ficha técnica:

Dramaturgia e Encenação: Mário Primo

Textos: Harold Pinter 

Interpretação: Patrícia Figueira, Raul Oliveira, Rogério Bruno, Tomás Porto 

Cenografia: João Calvário

Carpintaria de Cena: Manuel Magalhães 

Música: João Martinho 

Figurinos: Helena Rosa 

Fotografia: Victor Horta 

Cartaz: Pedro Dias

Classificação Etária: M/14

Duração: 80 min

Gato S.A.:

O GATO SA nasceu em 1988 numa escola secundária mas assume-se como grupo de teatro de Santo André. Cresce com a cidade e contribui para criar uma identidade cultural para a sua população. Ao mesmo tempo o grupo assume-se como embaixador informal da região e projecta-a a nível nacional, tendo dado início em 2016 a uma carreira internacional.

​Estrutura-se como um grupo de teatro ambicioso e exigente que valoriza a formação especializada e que deu origem a vários projectos de grande dimensão, de que se destacam um festival internacional de teatro e a revista cena’s, entre muitos outros.

​O grupo trabalha regularmente com jovens em idade escolar, dando-lhes uma formação teatral de base e um conhecimento e respeito pelo Teatro como uma das mais importantes manifestações artísticas da humanidade. Porém, desde há alguns anos tem privilegiado produções envolvendo actores e técnicos profissionais saídos desta dinâmica local.

Como metodologia de trabalho o grupo trilha caminhos novos em cada produção com projetos que enriqueçam o seu repertório e contribuam para complementar a formação dos seus actores e técnicos. Os espectáculos do GATO procuram diversificar-se nas abordagens e nas linguagens teatrais sem descurar os níveis elevados de qualidade e de exigência das suas propostas que invariavelmente se dirigem à globalidade dos sentidos do público.

​O currículo de três décadas do GATO fez-se com muitos contributos de jovens e menos jovens actores, e técnicos das variadas componentes que intervêm no processo criativo, todos irmanados na senda daquilo que gostamos de designar por um “Teatro de Arte”.

#e19 #eaquiinocio #edicao10eaquiinocio #festivaldeteatro #povoadevarzim #teatro #varazim #varazimteatro #haroldpinter #gatosa #gentecomum #historias

Anúncios