É-Aqui-in-Ócio – Destaques Fim de Semana de 25 a 27 Setembro

Facebook_Perfil

Começou na passada quarta-feira e mantém-se até 3 de Outubro, o É-Aqui-in-Ócio, Festival de Teatro na Póvoa de Varzim, já se apresentaram em cena a companhia Elefante Elegante e foi exibido um filme de Alain Resnais.

Até domingo pode ver 3 espetáculos de Teatro, participar na Inauguração da Exposição Ex-Votos Teatrais e Celebrar com o Varazim Teatro os seus 18 anos de atividade.

Sexta, 25 de Setembro, 22h – HOJE É O DIA –  Cine-Teatro Garrett

*

hojeéodia_©luísrocha_005
Hoje o espetáculo que sobe a cena é apresentado pela companhia A Barraca, criada há 35 anos por Maria do Céu Guerra e Hélder Costa, A Barraca dispensa apresentações, pautada pelo rigor e excelência dos trabalhos e apresentação de espetáculos com uma forte preocupação social. HOJE É O DIA… Excertos da Vida de um Esfomeado, com encenação e adaptação de Rita Lello, com interpretação intensa de Ruben Garcia, mostra-nos um homem crise (não estaremos todos?) Revolucionário ou oportunista? Louco ou visionário? Em estado de profunda carência física, social e psicológica o Homem não vê mais saída que tomar o destino nas próprias mãos.  Espetáculo com grande interactividade e comunicação directa com o público.

**

Sábado, 26 de Setembro, 16h – Exposição EX-VOTOS TEATRAIS – Museu Mun. da Póvoa de Varzim
Apresentação do Livro José Caldas – 40 anos de Teatro. Por um teatro popular a partir da infância

*

exvotoRouxi
No sábado as propostas são para um dia cheio de celebrações. O Varazim Teatro completa 18 anos de Existência enquanto Associação Cultural, 18 anos de exigente e crescente vontade de trabalhar em prol do teatro, da cultura e dos cidadãos.
Começamos as festividades convidando-o para a inauguração da exposição EX-VOTOS TEATRAIS, de José Caldas e apresentação do Livro “José Caldas – 40 anos de Teatro. Por um teatro popular a partir da infância“, um convite para conhecer um pouco da obra deste grande criador de teatro.

“Aos milagres do nosso teatro oferecemos pedaços artesanais do nosso corpo, das nossas criações, guardados nos relicários da alma. O teatro como o lugar do sagrado e do profano em delicada união de opostos. Palco onde nosso corpo é imolado, o ego consumido a procura de coisa maior que ele.
Soma de objetos encontrados, procurados, reencontrados no vulgar dia a dia e transfigurados num extra quotidiano a desafiar o racional. (…) Não esquecermos as graças recebidas – os milagres de cada espetáculo e retribuirmos aqui nestas pequenas oferendas” José Caldas

**

Sábado, 26 de Setembro, 22h – SÓ SE EU QUISER – Cine-Teatro Garrett

*

- ©Susana_Neves-TNSJ-Se_eu_quiser_6891
No sábado seguimos para o Cine-Teatro Garrett com o espetáculo SÓ SE EU QUISER, uma co-produção do TEatroensaio com o Teatro Nacional de São João, é um exemplo expressivo do trabalho desenvolvido pelo TEatroensaio, companhia portuense que vem investindo na centralidade da palavra e do trabalho de ator para reafirmar o teatro como um lugar de questionamento. Num monólogo “cru e isento de sentimentalismo“, Valdemar Santos – que, em 2014, ganhou o prémio de melhor ator secundário (CinEuphoria), com A Ceia – explora os contrastes da lucidez e fragilidade de doentes que vivem na inevitabilidade da morte e da solidão. Afirmando-se como um lugar onde o questionamento e a palavra são o centro da arte, o TEatroensaio coloca perguntas polémicas, ainda que humanistas, sobre a responsabilidade e consciência de terminar uma vida em sofrimento. Segundo o encenador, Só Se Eu Quiser “é uma peça de preenchimento, de ocupação de espaço e silêncio” em que a personagem confessa-se refém do seu próprio corpo e “diabos” interiores que tenta combater.
**

Sábado, 26 de Setembro, 23h30 – Festa do 18º Aniversário do Varazim no Enseada

*

???????????????????????????????????????

O dia prolongar-se-á pela noite em clima de festa, no Enseada a partir das 23h30, o Varazim Teatro celebra o seu 18º aniversário como gente grande. Convidamos todos os nossos sócios, amigos, simpatizantes e colaboradores a vir brindar connosco!
*Os espetadores que apresentem o bilhete para o espetáculo Só Se Eu Quiser, têm direito a uma bebida na compra de outra.
 **

domingo, 27 de Setembro, 17h – O MEDO AZUL – Cine-Teatro Garrett

*

cena medo azul 08
Continuamos com oferta teatral no domingo, desta vez para toda a família, O MEDO AZUL, de José Caldas é uma adaptação do Conto O Barba Azul. Num dos textos das magníficas sebentas realizadas pelo criador, José Caldas conta assim:
“Um medo azul (une peur bleue) é uma expressão francesa que quer dizer: um medo terrível. Era azul o medo que sentia cada vez que ouvia a história do Barba Azul. E eu pedia a minha avó que a repetisse, vezes sem conta, e de cada vez um grande arrepio me atravessava a espinha e depois um prazer que me tranquilizava. Era a história que mais me amedrontava. E, sem conhecer a expressão francesa, a cor azul (da barba?) evocava sempre um medo, como se o belo céu de verão fosse também o presságio de um horror. (…) Assim, eis-me na pele de quem me amedronta(…)”
**

INFO ADICIONAL:
Entradas disponíveis no Cine-Teatro Garrett
Das 10h30 às 12h30 e das 15h30 às 17h30 de segunda a sexta
A partir das 15h30 no dia do espetáculo (sexta 25 fecha das 18h30 às 20h30, sábado fecha das 20h às 20h30) *domingo a partir das 16h

**
Reservas a partir do email vt@varazimteatro.org e dos telefones 916439009 e 912420129

**
Valor das Entradas: 7,00€
Com desconto para Estudantes, Reformados, menores de 25 anos e maiores de 65, desempregados, pessoas portadoras de deficiência, grupos de 8 pessoas – 5,00€
Associados ao Varazim Teatro: 3,50€

*Espetáculo dia 27 de Setembro com preço único todas as idades no valor de 5,00€

Veja informação completa sobre o festival em www.varazimteatro.org e ligue-se à nossa página em www.facebook.com/varazimteatro
**
Continuaremos a celebrar este É-Aqui-in-Ócio Teatral na próxima semana,
não perca as propostas que vêm por aí!
Anúncios