Julgamento de um Sonho

JULGAMENTO DE UM SONHO

Encerramento da Temporada Teatral 2011/2012 com uma criação coletiva do Varazim.

ESPETÁCULO DE APRESENTAÇÃO ÚNICA

Texto de Joana Soares

Interpretação de Eduardo Faria

Música original de Paulo Lemos e Walter Martins.

Classificação Etária Maiores de 16 anos

Advertência: Este espetáculo não é aconselhável a pessoas portadoras de doenças cardíacas ou facilmente impressionáveis.

Sinopse:

Este espetáculo não tem sinopse, as palavras serão redundantes e de todo supérfluas.

Tudo o que poderá ser dito, será dito em cena, em cima do palco e sob as luzes da ribalta.

Este espetáculo não tem sinopse porque não nos conseguimos sintetizar o suficiente para que pudéssemos colocar algo que fosse chamariz, ou que revelasse a história que irá ser contada.

Este espetáculo não tem sinopse porque não precisa.

Este espetáculo não precisa de sinopse, precisa de olhos, de braços, de gente, de público e de almas que se entregam no palco e por detrás dele.

Este espetáculo não precisa de sinopse, precisa de ti, no dia e hora anunciado acima nesta publicação.

Esta publicação não é uma divulgação mas antes uma convocatória.

O Julgamento de um Sonho não é aconselhável a pessoas portadoras de doenças cardíacas ou facilmente impressionáveis, pois convocaremos emoções que serão vividas na sua máxima verdade.

O Varazim Teatro não irá fixar o preço dos bilhetes para este espetáculo, cada um dará o que quiser e o que puder.

Este espetáculo não é um espetáculo de beneficência para uma Associação, é uma solicitação de compromisso a um público que sempre nos acompanhou.

Este espetáculo encerra a Temporada Teatral na Póvoa de Varzim, do biénio 2011/2012.

Não acreditando que se encerre um ciclo de programação regular e efetiva, este espetáculo não encerra nada, não há portas para fechar quando se acredita que se voa.

Anúncios