Se Não Bigo Não Digo

ficha técnica
texto de Patrícia Portela
interpretação de Cátia Mendes (Árvore) e Joana Soares (Palhaço)
voz de Eduardo Faria (comentador)
cenário e figurinos Joana Soares
luz e som Eduardo Faria
operação luz Eduardo Faria
operação som Joana Sousa

*

SE NAO BIGO NAO DIGO01

*

versão 2.1 _ sinopse
Serve-se um café e bebe-se uma ideia de um só trago. “Que tal uma cerveja?” quando se tomava a vida
inteira, geladinha, dos personagens que desfilam disfarçados de pessoa, à procura de ser pessoa,
dissecando a solidão em um amor que parecem não pretender realizar.
Alguns dos personagens, já são nossos conhecidos, sentindo coisas simples.
«
– Consegues ver a minha solidão?
– Aonde?
– Aqui…
– Posso chegar mais perto?
– Não! Se chegares mais perto eu perco-a…
»
Adão e Pinóquio e um palhaço qualquer e uma árvore como tantas árvores, procuram um centro, um
começo, um Umbigo do tamanho do mundo que responda às suas questões.
Quase infantil, ou talvez não, nos corações que se dão ou se negam.
Falando de naufrágios, de deser tos de trapézios e de cerveja. De (sobre)viver.

Anúncios